Especialistas acham complexo funerário de civilização desconhecida no Camboja

Phnom Penh, 26 fev (EFE).- Uma equipe de arqueólogos japoneses descobriu no Camboja um complexo funerário de mais de 2,5 mil anos, pertencente a uma civilização desconhecida, informou hoje a imprensa local.

EFE |

O recinto, cuja construção se remonta ao ano 500 a.C., foi encontrado perto da aldeia de Snay, na província de Banteay Meanchey, no noroeste do país.

As escavações permitiram recuperar nove túmulos com 42 restos humanos e vestígios de outros três túmulos construídos com tijolos.

Segundo o diretor do projeto, Yusino Riyasuda, os três túmulos de tijolos mostrariam um avançado desenvolvimento dos antepassados do império khmer, fundado no início do século VIII.

Nos túmulos, também foram encontrados recipientes de água para uso funerário, e observa-se que a sociedade que os construiu tinha técnicas para a mumificação de cadáveres.

Riyasuda disse que a descoberta permitirá estudar esse período da história, assim como a civilização que construiu os túmulos e um sistema de canalização de água que está relacionado ao complexo funerário.

Os trabalhos de escavação começaram no início de 2008 e terminaram em 21 de fevereiro. EFE jcp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG