Especialista diz que regressão de miopia é rara, mas pode acontecer

A regressão da miopia pode ser natural, mas, às vezes, pode mascarar alguma mudança no organismo. A regressão espontânea é possível, mas não é comum, explica Samir Jacob Bechara, oftamologista do Hospital das Clínicas de São Paulo e livre-docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Agência Estado |

Segundo Bechara, pode indicar erro de diagnóstico numa consulta anterior, sinal de alguma doença, como diabetes, ou gravidez.

"O diabético pode ter variações bruscas de açúcar, o que pode alterar a lente do olho (cristalino), e a gravidez, como gera mudanças hormonais, também pode alterá-la." Nesses casos, no entanto, a mudança é transitória, conforme ressalta o médico. "Com a volta dos níveis normais de açúcar e o fim da gravidez, o grau de miopia pode voltar ao que era antes também."

Outro problema é o erro de diagnóstico. "Às vezes, a pessoa vai ao consultório e o grau muda e, como a mudança pode ser sutil, ela nem percebe. Por isso é bom ficar atento, usar o bom senso para perceber se o exame está sendo bem feito", explica Nilton Kara José Júnior, oftalmologista do Hospital Sírio Libanês de São Paulo e também livre-docente da Faculdade de Medicina da USP.

Transformações

Os problemas de visão surgem e regridem às vezes porque o olho, assim como o corpo humano, também cresce e passa por transformações. "Todas as pessoas, quando nascem, têm hipermetropia (dificuldade para enxergar de perto), porque o olho, quando nascemos, é menor. Como nosso corpo, o olho nasce completo, mas vai se ajustando no decorrer do tempo", explica Nilton Kara José Júnior.

Conforme o olho vai se desenvolvendo junto com o crescimento humano, a curvatura do olho vai se ajustando, fazendo com que a hipermetropia desapareça normalmente. Se persistir o problema, pode ser corrigido com óculos ou cirurgia. "O ajuste definitivo ocorre aos 22 anos de idade", diz Kara. A partir dos 40 anos, o cristalino vai se transformando, mudando sua configuração, ficando mais opaco (catarata). E é nessa idade que vem as transformações mais fortes, segundo Kara. Quem nunca usou óculos, nem para perto nem para longe, pode ter de passar a usar.

Adriana Cardoso

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG