TV Pirata - Brasil - iG" /

Especial de fim de ano resgata humor do TV Pirata

Disposta a resgatar o humor nonsense do TV Pirata (1988 - 1990), a TV Globo incluiu o seriado Odeio Você, do autor Cláudio Paiva, na programação de 2010. O programa, que retrata os bastidores de uma novela, estreia só em abril, mas hoje, às 23 horas, o público pode conferir, em formato de especial de Natal, parte das discussões entre as personagens Beatriz (Andréa Beltrão) e Renata (Fernanda Torres), que disputam o posto de protagonista de uma novela fictícia com a jovem Fabiana (Fernanda de Freitas).

Agência Estado |

De acordo com o diretor do projeto, Maurício Farias, a escalação de Paiva para o Natal foi estratégica. O autor, que já teve passagens pelo roteiro de "A Grande Família", era quem escrevia as esquetes da trupe do "TV Pirata", que tinha Cláudia Raia, Marco Nanini e Regina Casé no elenco. "O projeto é um filho do TV Pirata, mas com uma mistura do Casseta & Planeta e A Grande Família para retratar o bastidor", explica o diretor.

Na trama, Beatriz é uma mulher doce que sofre com a idade. Renata também não vê as rugas como um ganho na profissão de atriz, mas, ao contrário de Andréa, faz a personagem boazinha na ficção e é má na vida real. As duas protagonizam uma novela na qual Carmen, interpretada por Beatriz, embarca rumo ao Paquistão para salvar o marido, Edgar (Alexandre Borges), que sofreu um acidente de carro e está sob os cuidados da enfermeira muçulmana Naja (Renata). No caminho até o hospital, Carmen se depara com homens-bomba e descobre que o marido está envolvido com a enfermeira.

O diretor da novela, Magalhães (Otávio Muller), convida a jovem Fabiana para um teste de sofá em troca do papel de protagonista. "Esse é mais um personagem de humor meu. Aos poucos me firmo nesse estilo e fujo da comparação com a Deborah Secco", fala a atriz Fernanda de Freitas.

Apesar da correria com o especial, "Odeio Você" está previsto como seriado para abril. O elenco será o mesmo, o que muda é o bastidor da novela. Sai o Paquistão e entra uma novela ambientada nos anos 60, na qual Alexandre Borges interpreta gêmeos. "Mas eles serão bem diferentes dos do Manoel Carlos e a novela diferente de Espelho Mágico", brinca Cláudio. A novela de Lauro César Muniz, exibida em 1977, foi tida como um fracasso na Globo. "Esperamos a poeira baixar para tocar nesse assunto de bastidor de novela. Antes era proibido falar de Espelho Mágico por aqui." As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG