Escultura do século 15 se quebra em museu de Nova York

NOVA YORK (Reuters) - Uma escultura de terracota do século 15, do artista renascentista italiano Andrea della Robbia, caiu no chão e se despedaçou no Metropolitan Museum of Art de Nova York, nesta terça-feira. A peça se soltou de suportes metálicos que estavam fixados em uma parede na seção de pinturas e artes decorativas européias. Não se sabe se a obra caiu na noite de segunda-feira ou na manhã de terça, informou o museu em nota.

Reuters |

A escultura de São Miguel Arcanjo o retrata vestido em armadura e segurando uma espada e uma balança da Justiça. A peça estava no museu desde 1996.

A obra, de 157 centímetros de largura e 81 centímetros de altura, tinha uma de suas asas quebrada, mas sua face não estava danificada por estar protegida por uma moldura de madeira, disse o porta-voz Harold Holzer.

Curadores e preservadores estavam avaliando os danos. O museu não informou o valor da peça.

A escultura foi encomendada em 1475 para a igreja de San Michele Arcangelo em Faenza, uma pequena cidade na Itália.

Depois de ter passado por colecionadores, ela foi vendida ao museu em 1960.

(Reportagem de Christine Kearney)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG