Escolas usam robótica para incentivar ensino de ciência

Cerca de 13 mil crianças de 6, 7 e 11 anos começam a ter aulas de iniciação à mecatrônica na rede de ensino fundamental das escolas do Serviço Social da Indústria (Sesi) em São Paulo. A iniciativa pretende incorporar a prática da ciência e da tecnologia ao cotidiano dos estudantes.

Agência Estado |

Segue uma tendência que vem sendo registrada em outros colégios como forma de despertar o interesse dos alunos pelas ciências. Em 2006, o Brasil ficou na 52ª posição entre 57 países na maior avaliação internacional de educação, o Pisa, que testa os conhecimentos de ciências de jovens de 15 anos.

Para Walter Vicioni, superintendente do Sesi-SP e idealizador do projeto, o objetivo é fomentar o espírito científico já nos primeiros anos escolares e, depois, fortalecê-lo com a vivência tecnológica nos cursos de capacitação profissional. “Mais do que ensinar ciência, é preciso ensinar a fazer ciência”, diz. Os alunos do ensino fundamental da rede utilizarão kits didáticos para desenvolver projetos na área de robótica. O Sesi-SP está investindo R$ 1,2 milhão para comprar o material e capacitar os docentes.

No Colégio Pré-Médico, em São Paulo, a robótica é oferecida como disciplina extracurricular para os alunos da 1ª a 4ª série do ensino fundamental. Atualmente, as crianças estão trabalhando em uma réplica da sonda Phoenix, construída pela Nasa e que foi enviada a Marte no ano passado. No Colégio Bandeirantes, também na capital paulista, os alunos do ensino médio podem desenvolver atividades extra-curriculares ligadas à mecatrônica.

Na rede pública, também há iniciativas semelhantes. Na Escola Estadual Waldemar Salgado, única escola de ensino médio de Santa Branca, no Vale do Paraíba (SP), um grupo de estudantes dedicou-se a um projeto de robótica que rendeu a vitória na etapa brasileira da First Robotic Competition e uma viagem para Atlanta, nos EUA, para participar da etapa internacional. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG