Escola-bar revigora jam session em tempo de lei seca

Em um sobrado entre as ruas João Moura e Teodoro Sampaio, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, acontece aos sábados uma típica jam session. Há quatro meses naquele endereço funciona o New Jazz Bar, uma extensão da escola de música New Jazz, localizada a uma quadra do local.

Agência Estado |

Sócio da escola aberta em 2002, Osmar Wagner de Carvalho conta que a idéia era criar um bar para completar o conceito jam. As origens remontam à efervescência do jazz nova-iorquino do século passado, quando os músicos negros deixavam o trabalho nas bandas dos bares da alta sociedade para improvisar nos clubes do Harlem após a meia-noite (daí o acrônimo JAM - Jazz After Midnight).

No começo, o espaço com capacidade para 60 pessoas sentadas, que era dominado pelos alunos e, especialmente, seus parentes, veio ganhando novos adeptos e ampliando as possibilidades musicais. De terça, quinta e sexta bandas dos professores da escola se apresentam, com música instrumental brasileira, chorinho e jazz. As quartas são destinadas para bandas convidadas. "As jams acontecem aos sábados, e qualquer um que tiver um nível musical razoável pode participar", explica Carvalho.

O Syndikat, bar de jazz e música instrumental localizado nos Jardins, experimentou por sete meses a fórmula de jam session, e não deu certo. "Nem sempre conseguíamos reunir uma banda. Um cliente topava, mas faltava gente. E como o bar fecha relativamente cedo, ficava difícil a participação de mais músicos vindos de outros locais", explica Florian Guerra, sócio do Syndikat.

O empresário José Calixto, aluno de trombone e também sócio da New Jazz, diz que a jam aos sábados tem sido uma forma de atrair público em tempos de lei seca. "Com a lei seca, houve sim uma queda de público, mas a jam é o diferencial. E o interessante é que meu estoque de cerveja sem álcool está lá, ainda intacto. Ninguém pede bebida sem álcool."

SERVIÇO - New Jazz Bar. Rua João Moura, 739. Telefone: 3713-1435. Couvert R$ 10, terças, quartas, quintas e sextas. Sábado jam sessions sem couvert.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG