rebatizada de A H1N1 pela Organização Mundial de Saúde). O menino de 14 anos viajou à Argentina no feriado de Corpus Christi, onde contraiu a doença." / gripe suína - Brasil - iG" / rebatizada de A H1N1 pela Organização Mundial de Saúde). O menino de 14 anos viajou à Argentina no feriado de Corpus Christi, onde contraiu a doença." /

Escola de inglês de São Paulo suspende aulas por causa da gripe suína

SÃO PAULO - A unidade de Santo Amaro, zona sul de São Paulo, da rede de escolas Cultura Inglesa suspendeu as aulas por uma semana depois da confirmação de que um dos alunos da instituição foi contaminado com o vírus da gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.htmlrebatizada de A H1N1 pela Organização Mundial de Saúde). O menino de 14 anos viajou à Argentina no feriado de Corpus Christi, onde contraiu a doença.

Redação com Agência Brasil |

De acordo com a escola, a medida foi tomada de forma preventiva uma vez que a Vigilância Sanitária informou que a paralisação das atividades escolares não era obrigatória.

Nesta terça-feira, o câmpus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Assis, localizado a 434 quilômetros de São Paulo, também suspendeu as aulas até sexta-feira.

Segundo a assessoria de imprensa da Unesp, uma estudante do curso de Psicologia apresentou sintomas da "gripe suína" após voltar de uma viagem para Buenos Aires, na Argentina. Ela foi encaminhada para um hospital onde foi confirmada que ela estava com a doença.

Futura Press
Câmpus da Unesp suspendeu as aulas até sexta-feira

A "gripe suína" levou também três escolas na cidade de São Paulo e outra em Belo Horizonte a antecipar as férias, após alunos terem a infecção pela doença confirmada no fim de semana.

O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira que 94 novos casos de infecção por gripe suína foram confirmados no País. Com os novos casos, o total acumulado de confirmados no Brasil chega a 334. O ministério recomenda  evitar viajar para o Chile, Argentina e países da América do Sul por causa do risco de contágio da doença. 

A doença no mundo

De acordo com informações dos governos e da Organização Mundial de Saúde (OMS), até o momento mais de 100 países têm casos confirmados e divulgados da doença.

Do total de países, 35 têm casos autóctones: na Europa (Áustria, Bélgica, Dinamarca, Estônia, França, Alemanha, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido); nas Américas (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, Guatemala, México, Panamá, Peru e Uruguai); na Ásia (Japão); África (Egito) e na Oceania (Austrália).

Segundo a OMS, Estados Unidos, México, Canadá, Austrália, Chile e Argentina são considerados os países com transmissão sustentada.

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: doenças de invernoescolagripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG