As festas juninas e os desdobramentos do escândalo dos atos secretos ameaçam as votações no Congresso nesta semana. Apesar da expectativa de baixo quorum na Câmara e no Senado, deputados e senadores vão tentar votar propostas importantes, como a liberação de recursos para vítimas de enchentes e para as prefeituras.

Com o novo adiamento da instalação da CPI da Petrobras, desta vez para 30 de junho, e as discussões sobre a necessidade de uma reforma administrativa, os senadores devem comparecer ao plenário apenas para votar a Medida Provisória 461/09.

A MP concede R$ 300 milhões em crédito extraordinário para o Ministério da Integração Nacional. O objetivo da medida, segundo item da pauta, é prestar assistência às populações atingidas por chuvas e enchentes entre outubro de 2008 e março de 2009, em diversos estados.

Leia reportagem completa no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.