Eros Grau renuncia ao cargo de ministro no TSE

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro Eros Grau renunciou nesta terça-feira ao seu cargo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Grau, que segue no cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal, enviou carta ao presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, em que afirma que seu tempo no TSE passou.

Reuters |

"Passou o meu tempo no TSE. O Supremo me absorve. Estou convencido de que não posso dividir a minha fidelidade a ele com outro tribunal", afirmou o ministro.

Eros Grau, nomeado ministro do STF pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em junho de 2004, tomou posse como ministro do TSE em maio de 2008.

Sua cadeira será ocupada provisoriamente pela ministra Carmen Lúcia, também do STF.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG