BRASÍLIA - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Eros Grau renunciou à vaga no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ele comunicou sua renúncia em uma carta ao presidente do TSE, Carlos Ayres Brito.

Grau tomou posse no TSE há quase um ano e foi o relator do processo de cassação do mandato de Jackson Lago como governador do Maranhão.

Eros grau, porém, continuará no Supremo até 2010, quando completará 70 anos. A ministra Cármen Lúcia assumirá a vaga de Eros Grau.

Leia mais sobre: Tribunal Superior Eleitoral

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.