As equipes de busca já resgataram um total de 17 corpos de vítimas do acidente do Airbus da Air France, voo AF 447. Segundo informou na noite de hoje o tenente-coronel da Aeronáutica Henry Munhoz, também foram localizados dezenas de componentes estruturais das aeronaves.

A fragata Constituição, da Marinha brasileira, está transportando nove desses corpos para Fernando de Noronha e a previsão de chegada é terça-feira. Quatro dessas vítimas são do sexo masculino, quatro do sexo feminino e uma ainda não teve o sexo identificado.

Na tarde de hoje, outros oito corpos foram resgatados pela fragata da Marinha francesa Ventose. Henry Munhoz disse que a identificação dos corpos, que será feita pelo Instituto Médico Legal (IML) do Recife, é de responsabilidade das polícias Federal e Civil. Para a identificação dos corpos, as polícias Federal e Civil trabalharão com dados genéticos e impressões digitais.

Munhoz informou ainda que a busca continuará nos próximos dias, com 14 aeronaves, sendo 12 da Força Aérea Brasileira e duas da França. A operação conta ainda com cinco navios brasileiros e uma fragata francesa. A busca e resgate de corpos está sendo feita pela Marinha brasileira e pela Força Aérea do País; a procura por pertences dos passageiros é feita pela empresa aérea, enquanto a investigação do acidente é de responsabilidade das autoridades francesas. Segundo a Aeronáutica, o ponto em que se concentram os destroços está situado a cerca de 1,15 mil km do Recife, o que denota uma complexidade logística da operação. Novas informações serão divulgadas amanhã às 11 horas e às 19 horas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.