Equipe descobre Stonhenge de madeira com 4.250 anos na Alemanha

Berlim, 28 jul (EFE) - Uma equipe de escavação descobriu em Pömmelte (leste da Alemanha) um novo lugar de culto pré-histórico, similar ao que se encontra em Stonhenge (Inglaterra), mas composto por estruturas de madeira de 4.250 anos.

EFE |

O jornal "Der Spiegel" informou que foi a primeira jazida de culto destas características e original da Idade de Bronze descoberta até agora na Europa continental.

Este tipo de santuário, que conta com 115 metros de diâmetro, está muito pior conservado que o britânico, por ter sido construído com madeira, explica um dos arqueólogos, André Saptzier, da Universidade Martin-Luther de Halle-Wittenberg.

O diretor das escavações, François Bertemes, considera que se trata de uma "descoberta chave" para estudar o terceiro milênio antes de Cristo.

A disposição da jazida, de estrutura circular, conta com um primeiro círculo concêntrico composto de postes de madeira de 30 centímetros de diâmetro cada um e de um círculo exterior, no qual foram encontradas várias tumbas funerárias.

Os investigadores partem da base de que o enclave foi utilizado como lugar de sacrifício e culto religioso durante 250 anos e foi descoberto, pela primeira vez, em 1991 durante trabalhos de reconhecimento aéreo.

Os trabalhos de escavação em Pömmelte se emolduram em um projeto de pesquisa da Idade de Bronze no estado federado da Saxônia-Anhalt, que procura estudar os vestígios dessa época que ainda se conservam na região.

Graças a este programa já foi descoberto o disco estelar de Nebra, a representação mais antiga do firmamento. EFE nvm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG