Entidades se unem e promovem força-tarefa contra pirataria na saúde

Com o objetivo de promover ações e atividades voltadas ao combate da falsificação e fraude de produtos de saúde e medicamentos, associações do setor firmaram um termo de cooperação técnica de combate à pirataria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O documento foi assinado no dia 10, em Brasília.

Agência Estado |

O presidente da Associação Brasileira dos Importadores de Equipamentos, Produtos e Suprimentos Médicos-Hospitalares (Abimed), Aurimar José Pinto, disse que essa ação visa a difusão de informação a fim de combater à pirataria na saúde. “Esta união fortalecerá o trabalho que já vem sendo desenvolvido pela Anvisa no combate à falsificação de medicamentos. Vamos, agora, realizar ações conjuntas de prevenção e orientação com envolvimento de todas as entidades dos setores."

Além da Abimed, participam dessa força-tarefa, representados pela Câmara Americana de Comércio (Amcham), as seguintes entidades: a Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Implantes (Abraidi), Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL), Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), Associação Brasileira das Empresas de Ciências da Vida (ABCV), Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD) e a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo).

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG