Entidade da PF em Manaus recompensará por pista sobre traficantes

Federação paga R$ 10 mil a quem der informações sobre narcotraficantes peruanos que teriam matado dois policiais

AE |

selo

A Federação dos Policiais Federais (Fenapef) está oferecendo uma recompensa de R$ 10 mil a quem der "informações precisas" sobre o paradeiro dos narcotraficantes peruanos que teriam matado, durante confronto no dia 17, dois policiais federais. O anúncio foi publicado ontem no jornal A Crítica, de maior circulação no Amazonas.

Nos últimos dias, a Polícia Federal (PF) já prendeu quatro pessoas que teriam participado do confronto com os peruanos foragidos. Segundo um dos presos, o brasileiro Gerson Hilário da Silva, a embarcação aonde ele e quatro narcotraficantes peruanos estariam, tinha 300 quilos de cocaína. O confronto em barcos no rio Solimões, próximo ao município de Anamã, a 186 quilômetros de Manaus, teve como saldo as mortes dos policiais Leonardo Matzunaga Yamaguti e Mauro Lobo, além de ferir um terceiro agente. Os telefones divulgados para informações sobre os peruanos são da sede da PF em Manaus (0XX92) 3655-1515 ou 3655-1517.

    Leia tudo sobre: policiais federaisamazonas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG