Após participar de uma audiência pública na CPI da Pedofilia, o senador Romeu Tuma (PTB-SP) sofreu duras críticas por ter feito uma pergunta polêmica. Durante a reunião da última quinta-feira (6), o parlamentar questionou se o médico Wagner Rodrigo Brida, investigado por abuso de crianças, é homossexual.

Na avaliação de Tuma, vice-presidente da CPI, o questionamento era pertinente, já que poderia haver uma vocação do acusado em sentir atrações por crianças caso fosse homossexual. A audiência teve como pauta os casos registrados em Catanduva (SP), onde mais de 50 crianças foram abusadas por meio de uma de rede de pedofilia.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.