Cerca de 50% das vagas em ensino superior criadas em 2007 não foram preenchidas, segundo o Censo da Educação Superior 2007, divulgado nesta terça pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Foram criadas 194.344 vagas em 2007, um total muito acima do crescimento no número de alunos que ingressaram na graduação, que chegou a 97.100. Em números gerais, foram oferecidas 2.823.942 vagas em todo o País.

O aumento do grau de ociosidade, avalia o Inep, pode ser atribuído às instituições privadas, que ofereceram um total de 1.311.218 vagas. Em contrapartida, houve diminuição no número de vagas oferecidas nas instituições públicas estaduais e municipais. O menor índice de vagas ociosas foi verificado nas instituições federais: um total de 3.400.

O estudo ainda indica que o maior número de faculdades (92,5%) e de centros universitários (96,7%) está vinculado ao setor privado. As universidades estão distribuídas em proporção aproximada entre setor público e privado, 52,5% e 47,5%, respectivamente.

No Brasil, há 2.281 instituições de educação superior, 23.488 cursos e 4.880.381 estudantes - e desses 1.481.955 são ingressantes. A coleta de informações se deu em 2008, tendo como referência os dados de 2007.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.