Engenheiro argentino morre em assalto no Morumbi

SÃO PAULO - O engenheiro argentino Ricardo Fernando Monserrat Garcia, de 54 anos, foi morto, no início desta madrugada, dentro de casa, no bairro do Morumbi, zona sul da capital paulista, ao reagir a um assalto. O autor do crime, o adolescente C. A.S., de 14 anos, está detido.

Agência Estado |

Era 0h10 quando a mansão do engenheiro foi invadida por quatro jovens, um deles encapuzado e armado com uma pistola. O casal de caseiros foi dominado após o grupo pular o muro.

O adolescente, desarmado, ao entrar na casa, foi surpreendido por Ricardo, que já estava armado com uma faca de cozinha. Os dois entraram em luta corporal. Mesmo ferido pelo engenheiro, o menor conseguiu desarmar a vítima e a esfaqueou. O grupo então desistiu do assalto e fugiu.

Mesmo levado ao Hospital Albert Einstein, Ricardo não resistiu aos ferimentos e morreu. Informados pelos caseiros do engenheiro que um dos criminosos havia sido ferido, policiais militares do 16º Batalhão começaram a fazer buscas nos hospitais da região e encontraram o adolescente no Pronto-Socorro Municipal Dr. Caetano Virgilio Neto, localizado ao lado da rodovia Raposo Tavares, na região do Butantã.

Os outros assaltantes, todos aparentemente menores, seguem foragidos. O latrocínio foi registrado no 34º Distrito Policial, de Vila Sônia.

Leia mais sobre: assalto

    Leia tudo sobre: assaltanteassalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG