BRASÍLIA - O curso de engenharia eletrônica do Instituto de Tecnologia da Aeronáutica (ITA) conquistou a maior nota na avaliação do Ministério da Educação. A graduação registrou 485 pontos no Conceito Preliminar de Curso (CPC). O indicador é composto pela nota obtida pelo curso no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), além de outros fatores que contribuem para a qualidade da formação do aluno, como o corpo docente, a infraestrtura e o projeto pedagógico da instituição. O CPC vai de 1 a 5, sendo 1 e 2 considerados insatisfatórios, 3 razoável e 4 e 5 bons.

As disciplinas avaliadas, em 2008, pelo Enade foram as de matemática, letras, física, química, biologia, pedagogia, arquitetura e urbanismo, história, geografia, filosofia, computação, ciências sociais e as de engenharias. Também passaram pela avaliação os cursos tecnológicos de tecnologia em alimentos, análise e desenvolvimento de sistemas, automação industrial, construção e edifícios, fabricação mecânica, gestão da produção industrial, manutenção industrial, processos químicos, redes de computadores e saneamento ambiental. Cerca de 380 mil alunos fizeram as provas.

As engenharias do grupo 2 foram as que obtiveram o melhor resultado, dos 387 avaliados 15 conseguiram a graduação CPC 5. Já entre os 80 cursos que tiraram nota 1, a maioria (12) é de pedagogia. Um total de 2.510 disciplinas ficaram sem conceito porque não houve participação mínima dos alunos no Enade. O curso com menor nota no CPC  (28 pontos) foi o de tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas, da Faculdade do Sul da Bahia em Teixeira de Freitas (BA).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.