Em sua sexta edição, o Fórum Mundial de Juízes deve reunir cerca de 300 participantes durante o final de semana na capital gaúcha, antecedendo a agenda do Fórum Social Mundial (FSM), que começará na segunda-feira em Porto Alegre e municípios da região metropolitana. Os participantes do fórum de juízes discutirão questões específicas, como a composição dos tribunais superiores, e temas mais abrangentes, como as mudanças climáticas e suas implicações no Direito.

No sábado, os debates começam na sede da Associação de Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris) e, no domingo, serão realizados na Usina do Gasômetro. No domingo à tarde, o juiz boliviano Ivan Campelo Villalba participará de painel sobre o "Judiciário e avanços civilizatórios". A Bolívia adotou nova Constituição que dá mais poderes aos povos indígenas. O fórum realizou três edições na capital gaúcha, uma na Argentina e outra em Belém (PA).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.