Encontrados restos indígenas de 2.000 anos na Argentina

Agricultores da província argentina de Santa Fe (centro-leste) encontraram, durante uma escavação, restos ósseos e objetos que, segundo especialistas, podem ter entre 1.500 e 2.000 anos de antigüidade, informou a imprensa local neste domingo.

AFP |

Os restos arqueológicos foram encontrados em um pasto, próximo da lagoa El Palmar, perto da cidade da Reconquista (750 km ao norte), de acordo com o jornal "El Litoral", em sua versão on-line.

"É um pacote funerário que, provavelmente, pelo sedimento em que foram encontrados, tem entre 1.500 e 2.000 anos. Acreditamos que isso foi feito pelos índios abipones", afirmou o diretor do Museu Municipal de Arqueologia da Reconquista, Dante Ruggeroni.

O especialista explicou que esse povo enterrava seus mortos em uma fossa, junto com seus objetos pessoais, enquanto que os "pacotes" eram feitos com couro para carregar os que consideravam como "mortos sagrados", ou seja, caciques, guerreiros e feiticeiros.

rq/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG