Empresários são absolvidos em caso do roubo do BC

Os irmãos Francisco Dermival e José Elizomarte Fernandes Vieira, donos da revenda Brilhe Car, onde os ladrões que furtaram o Banco Central (BC) de Fortaleza compraram 11 carros usando parte do dinheiro roubado, foram absolvidos por unanimidade pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife. O furto ao BC aconteceu em agosto de 2005, quando ladrões conseguiram levar R$ 164,7 milhões usando um túnel para ter acesso ao caixa-forte.

Agência Estado |

Condenados por lavagem de dinheiro a três anos de prisão e mais multa de R$ 380 mil, em primeira instância, pelo juiz da 11ª Vara Federal do Ceará, Danilo Fontenele Sampaio, os empresários haviam recorrido da sentença junto ao TRF, que concluiu que os réus agiram de "boa-fé" ao vender os veículos para integrantes da quadrilha.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG