Empresário sul-africano morre de febre hemorrágica no Rio

RIO DE JANEIRO ¿ Um empresário sul-africano, de 53 anos, ainda não identificado, morreu na manhã desta terça-feira na Casa de Saúde São José, no Humaitá, zona sul do Rio, vítima de febre hemorrágica. Segundo a unidade, o empresário foi internado na madrugada do último sábado, mas antes já havia sido atendido na emergência de outro hospital na Barra Tijuca, zona oeste da cidade.

Redação |

Acordo Ortográfico

A Casa de Saúde São José informou que, durante a internação da vítima, foram tomadas todas as medidas de segurança para seu tratamento, bem como para os funcionários e demais pacientes.

Em nota, o Ministério da Saúde disse que o processo de investigação da causa da morte do empresário já foi iniciado. Amostras de sangue da vítima serão analisadas em laboratórios da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Já foram descartados os diagnósticos de dengue, malária e ebola. Hipóteses como leptospirose, hantaviroses e hepatites serão avaliadas.

O órgão esclarece ainda que não há relato de sintomas semelhantes entre os profissionais de saúde que tiveram contato com o paciente. Essas pessoas estão sendo identificadas e serão monitoradas, de forma preventiva, pelas autoridades sanitárias.

O Ministério da Saúde alerta que o vírus suspeito de ter causado a morte do sul-africano pode ser transmitido por contato direto com secreções de roedores ou de pacientes infectados. Segundo o ministério, o contágio só ocorre após o aparecimento dos sintomas e o período de incubação do vírus é de sete a 16 dias.

O caso já foi comunicado à Organização Pan Americana da Saúde (Opas) e ao Consulado da Embaixada da África do Sul, em Brasília, para as providências de translado do corpo. O consulado já solicitou as impressões digitais da vítima e uma cópia do passaporte do empresário para dar prosseguimento às medidas cabíveis. Ainda não há informações sobre quando o estrangeiro chegou ao Brasil.

Leia mais sobre: febre hemorrágica


    Leia tudo sobre: febre hemorrágicamortesul-africano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG