Empresário é morto com 14 tiros à luz do dia em Guarujá

SÃO PAULO - A polícia investiga a morte, ocorrida por volta das 16h30 de segunda-feira, do empresário Agildo Donatelli Pinto, de 39 anos, executado com pelo menos 14 tiros, quando trafegava pela avenida Ademar de Barros, no Guarujá, litoral sul paulista. Ele ocupava uma picape Mitsubishi L 200, com placas de Santos.

Agência Estado |

A vítima, que atuaria no setor de transporte e logística, ao parar no semáforo junto à avenida Helena Maria, em frente a uma agência do Banespa, no Jardim Primavera, foi abordada por dois homens que ocupavam uma moto Honda Titan azul.

Segundo testemunhas, o garupa, sem dizer nada, sacou uma pistola e a descarregou contra o empresário, que ainda tentou escapar e invadiu com a picape a pista contrária da avenida, morrendo no local.

Acredita-se em crime de vingança, possivelmente encomendado, pois no interior da picape havia vários objetos, como câmera digital, um laptop, dois mil reais em dinheiro, cheques e outros pertences. Nada foi levado. O caso foi registrado pelo delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior.

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: guarujáviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG