O empresário Omar Chabán foi condenado nesta quarta-feira a 20 anos de prisão na Argentina devido ao incêndio que matou 194 pessoas, principalmente jovens, em um show de rock em 2004.

Chabán, de 57 anos, foi considerado pelo tribunal como o maior responsável pelo incêndio na casa de shows Cromañón, onde cerca de 3.000 fãs assistiam à banda de rock Callejeros, cujos membros foram absolvidos, embora a acusação tenha pedido para eles 15 anos prisão.

dm/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.