Empresa inicia apuração de incidente com trem no Rio

A SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário, empresa que administra o sistema de trens de passageiros da região metropolitana do Rio de Janeiro, instalou nesta terça-feira uma Comissão de Investigação para averiguar as causas do incidente com uma das composições ocorrido na segunda-feira.

Agência Estado |

Passageiros informaram que o trem do ramal de Japeri, que apresentou defeito na parte da manhã de segunda-feira, circulou sem maquinista no trecho entre as estações de Ricardo de Albuquerque e Oswaldo Cruz. Segundo eles, a composição estava em velocidade superior a normal e não parou na estação de Deodoro.

De acordo com a Supervia, a empresa trabalha em conjunto com a Polícia Civil na apuração dos fatos. Acompanhados dos policiais e peritos, os técnicos já estiveram no local e no trem, iniciando a apuração dos registros e depoimentos.

O maquinista da composição e controladores da via já deram explicações à administração interna e deverão depor também na polícia, segundo a Supervia, que não informou o que eles disseram.

Todos os detalhes e questionamentos sobre o incidente, apurados pela Comissão de Investigação constarão do laudo que será entregue à agência reguladora em 30 dias.

Leia mais sobre SuperVia

    Leia tudo sobre: supervia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG