A rádio e televisão pública japonesa NHK anunciou nesta terça-feira que objetos em forma de bala foram enviados a vários escritórios da emissora, poucos dias depois da descoberta de um artefato incendiário em um imóvel da empresa.

Nesta terça-feira, as redações da NHK em Sapporo (norte) e Nagano (centro) receberam cada uma por correio um pacote que continha um objeto metálico parecido a uma bala de fuzil.

Um pacote parecido foi enviado na segunda-feira à sede da NHK em Tóquio.

No domingo foi encontrado um bujão de gás conectado a um recipiente cheio de combustível inflamável diante do escritório da emissora em Fukuoka (sudoeste). O artefato foi apagado rapidamente.

Um bilhete colocado junto a cada um dos objetos metálicos enviados aos escritórios tinha escrita a palavra "Sekihotai".

Sekihotai é o nome de um grupo que reivindicou quatro ataques com armas de fogo e bombas caseiras contra redações do jornal Asahi Shimbun em 1987 e 1988. Um jornalista morreu quando um homem encapuzado abriu fogo contra o escritório do jornal em Nishinomiya, perto de Osaka (centro-oeste).

sps-fz/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.