Emissão de CNH em SP deve voltar ao normal até sexta

O serviço de emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) voltará a funcionar normalmente no Estado de São Paulo até sexta-feira, segundo a Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp). Ainda são necessários ajustes na comunicação entre o sistema nacional, do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), e o paulista, reconhece a assessoria de imprensa da Prodesp.

Agência Estado |

Suspenso na virada do mês e retomado na quarta-feira em todo o País, após implementação de um cadastro de condutores ampliado, o serviço vem apresentando lentidão e falhas em todos os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans).

O Poupatempo da Sé, na capital, emitiu ontem cerca de 460 habilitações, enquanto a média era de 600 antes do novo sistema. A emissão da CNH, que demorava quatro horas, agora leva até quatro dias, período que pode ser ampliado, dependendo do número de pedidos acumulados em cada posto de atendimento, informa a Prodesp. O mesmo vale para emissão da segunda via. Com a demora e as constantes falhas no sistema, o número de atendentes na Sé passou de oito para 12 nos horários de pico.

Ao suspender a emissão da CNH, a previsão inicial do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) era que o serviço fosse normalizado em dois dias, mas imprevistos técnicos atrasaram o processamento de dados, que só foi finalizado na tarde da última quarta-feira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG