O corpo da fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança, Zilda Arns, foi encontrado na manhã de hoje pela embaixatriz do Brasil em Porto Príncipe, Roseana Teresa Aben-Athar Kipman. Segundo relato de diplomatas brasileiros que acompanham a tragédia causada pelo terremoto de 7 graus na Escala Richter no Haiti, o corpo estava sob os escombros da sede de um projeto humanitário, cuja laje desabou.

Uma assessora de Zilda Arns continua desaparecida.

O senador Flávio Arns (PSDB-PR), sobrinho de Zilda, embarcou no final da manhã para o Haiti junto com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e o embaixador do Brasil no país caribenho, Igor Kipman, em avião da Força Aérea Brasileira (FAB). Zilda Arns estava no Haiti como parte de uma série de visitas a países da região.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.