Em tribunal, Chris Brown nega ter agredido e ameaçado Rihanna

Los Angeles (EUA), 6 abr (EFE).- O cantor Chris Brown se declarou hoje inocente das acusações de ameaça e agressão à também artista Rihanna.

EFE |

"Inocente", afirmou Brown durante uma audiência em Los Angeles em que responde pelas acusações de agressão física e de fazer ameaças criminosas.

Uma vez terminada a sessão, o juiz informou que o cantor deverá comparecer em 29 de abril para uma nova audiência preliminar.

Se declarado culpado, Brown pode ser condenado a quatro anos e oito meses de prisão, segundo disse uma porta-voz da Promotoria.

As supostas agressão e ameaças ocorreram em 7 de fevereiro passado, depois que ambos foram a uma festa prévia à cerimônia de entrega dos prêmios Grammy, em Los Angeles.

Na audiência, Rihanna, de 21 anos, não esteve presente. O advogado da cantora disse que ela ficaria feliz se o caso se resolvesse em breve, mas que mantém sua denúncia contra Brown.

"Nada mudou a respeito da posição de Rihanna", afirmou. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: rihanna

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG