Em SP, idoso pode solicitar vacinação em casa a partir de hoje

A partir de hoje, os maiores de 60 anos da capital paulista já podem solicitar o serviço de vacina em casa. O benefício só vale para os idosos que estejam incapacitados de se locomoverem aos postos de saúde.

Agência Estado |

Pelo telefone 156, a pessoa ou o familiar faz solicitação para receber, em casa, as doses de imunização.

A medida foi publicada ontem, no Diário Oficial do Município e regulamentou a lei promulgada no dia 15 de maio. Segundo a portaria, após o paciente ser cadastrado, a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima tem o prazo de três dias úteis para agendar a vacinação caseira. As vacinas contra pneumonia, difteria e tétano podem ser aplicadas em qualquer época do ano.

Já a prevenção contra a gripe somente entre 21 de março e 21 de junho, período quando são realizadas as campanhas de vacinação em massa. O objetivo é ampliar a adesão da terceira idade paulistana nos índices de cobertura vacinal.

Segundo o Ministério da Saúde, este ano foi o recorde histórico de comparecimento de idosos na vacinação contra o vírus influenza (da gripe). Foram 14.030.311 pessoas com 60 anos ou mais imunizadas, o que corresponde a 87% do total de população nesta faixa etária. Ano passado, foram 13,8 milhões (86,7%) e, em 2006, 13,5 milhões (85,72%).

O próximo desafio é conseguir mobilizar os mais jovens contra outra a doença, a rubéola. No dia 9, a Secretaria de Estado de Saúde espera vacinar 13,5 milhões homens e mulheres entre 20 e 39 anos de idade nos 645 municípios paulistas. As informações são do Jornal da Tarde .

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG