Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Em SP, deputados apresentam mais de 10 mil emendas

Mesmo com reserva orçamentária definida em R$ 2 milhões para as suas emendas pontuais, o chamado ¿dinheiro da gavetinha¿, deputados paulistas fazem de tudo para mostrar serviço às bases. Despejaram um recorde de 10.927 emendas ao Orçamento de 2009 nas mãos do relator da proposta, deputado Roberto Engler (PSDB).

Agência Estado |

Aliado do governador José Serra (PSDB), que instituiu a gavetinha há três anos, e com base eleitoral em Franca, interior paulista, Engler condena a proatividade dos colegas de Assembléia. O número de emendas é uma aberração, criticou o tucano, que participa de audiências públicas sobre o tema até 5 de dezembro. Como 90% delas são pontuais, é evidente que não dá para acatar todas dessa forma.

Entre os 10% restantes, que estariam relacionados a remanejamentos orçamentários, Engler estima que os deputados paulistas solicitaram a realocação de R$ 55 bilhões, preferencialmente para as regiões de suas bases. O valor corresponde à metade do Orçamento do ano que vem, que está em R$ 166 bilhões.

O total reservado para os deputados estaduais aplicarem em suas bases, de R$ 188 milhões, acalmou o processo de decisão do Orçamento, ressalta Engler. A minha expectativa pessoal é de encontrar uma facilidade maior para o entendimento na Casa, assinalou. Quero prestigiar todos os deputados, mas é impossível atender a todas as emendas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre: Orçamento

Leia tudo sobre: orçamento

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG