Em SP, bilhete único terá recarga de R$ 2,55 até dia 8

Os passageiros que derem recarga nos seus cartões de bilhete único até as 23h59 do dia 8 deste mês pagarão o valor atual da tarifa do metrô e do trem (R$ 2,55) até os créditos se esgotarem. Usando esses transportes durante 30 dias (ida e volta), a economia final será de mais de duas passagens ou R$ 6.

Agência Estado |

O valor máximo da recarga é de R$ 200. O bilhete único pode ser reabastecido em 6 mil postos de venda de toda a cidade, espalhados em terminais de ônibus, estações do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), lotéricas e outros pontos comerciais ou pela internet (www.sptrans.com.br), no link "compra e recarga". O procedimento vale também para outros cartões, como o Fidelidade e o Bilhete Lazer, ambos do Metrô.

O aumento de 3,9% nas tarifas do metrô e dos trens da CPTM entra em vigor a partir do dia 9 deste mês. Com o valor subindo de R$ 2,55 para R$ 2,65, o metrô vai custar menos ao usuário do que o ônibus - transporte que sofreu o último reajuste, de 17,4%, no início de janeiro, chegando a R$ 2,70. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG