Em SP, 721 táxis começam hoje a dar desconto de 30%

Os taxistas de São Paulo cadastrados no programa Táxi Amigão, da Secretaria Municipal dos Transportes (SMT), começam a rodar hoje com tarifas mais baratas. Até as 18 horas de ontem, o Departamento de Transportes Públicos havia registrado a adesão de 721 taxistas.

Agência Estado |

Eles cobrarão a bandeira 1 (R$ 2,10 por quilômetro) pelas corridas realizadas entre as 20 horas e as 6 horas de sextas-feiras, sábados e vésperas de feriado - valor 30% menor do que a bandeira 2 (R$ 2,73).

Para o taxista José Lopes, primeiro a se inscrever, o movimento na primeira noite será "meio devagar". "Muita gente ainda não sabe do desconto. Mas, se for bem divulgado, a tendência é ir melhorando", diz.

Frequentadores de bares e baladas se animaram com a possibilidade de gastar menos. "É um belo desconto. Dá até para tomar mais um drinque", diz a advogada Cecilia Tripodi. "Se eu encontrar um táxi com preço mais barato, com certeza darei preferência", afirma. "Sendo mais barato dá até vontade de pegar mais táxi. Não sei como será para os taxistas, mas para nós será vantajoso", diz a designer Paula Santos.

Cada táxi participante será identificado por dois selos adesivos de cor verde, colados nos vidros do veículo. O luminoso será de cor verde para facilitar a identificação. A SMT informou que os selos começaram a ser entregues ontem e a instalação das lâmpadas verdes é de responsabilidade dos taxistas.

Segundo a SMT, os 40 pontos de apoio do Táxi Amigão já estão instalados nas proximidades de bares, restaurantes e casas noturnas. Outros 14 pontos foram colocados próximos de estações de metrô. Taxistas inscritos podem parar em qualquer um desses pontos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG