Em SP, 2,4 mi de alunos fazem prova para avaliar ensino

As provas do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar de São Paulo (Saresp) começam hoje para cerca de 2,4 milhões de alunos de escolas estaduais, municipais e particulares do Estado. O exame deveria ter sido realizado na semana passada, mas problemas logísticos impediram que as provas fossem encadernadas e distribuídas às escolas a tempo.

Agência Estado |

"Estamos acompanhando de perto a distribuição do material e, desta vez, com certeza, amanhã (hoje) estará todo mundo fazendo o exame ", disse Valéria Souza, da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas da Secretaria de Estado da Educação.

O Saresp vai até a quinta-feira para estudantes das 2ª, 4ª, 6ª e 8ª séries do ensino fundamental e 3ª série do ensino médio. A atual edição foi reformulada para aumentar a segurança e incluir um número maior de estudantes. Além das escolas estaduais, neste ano, 296 particulares devem fazer a prova. Outros 600 mil alunos de redes municipais de 535 cidades paulistas também participarão.

"A avaliação é importante por fornecer um diagnóstico preciso da qualidade da educação em nossa rede, orientando as políticas educacionais a longo prazo", afirmou Valéria. Também é com base nos resultados do Saresp que se forma o Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo (Idesp), que agora vale para calcular o bônus salarial de professores e funcionários. Cada escola tem o seu índice e uma meta a cumprir. Quanto mais perto da meta a escola conseguir chegar, maior o bônus.

Prova São Paulo

A mudança na data do Saresp fez o exame coincidir com a Prova São Paulo, que será realizada entre hoje e amanhã por 335 mil alunos da rede municipal de ensino. "Não há conflito na data, pois como a rede municipal de São Paulo já realiza sua própria avaliação, não participa do Saresp", explica Valéria. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG