Em seis dias chove quase metade da média esperada para janeiro em SP

O mês está apenas começando e já choveu 46% da média prevista para janeiro em São Paulo, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). As últimas 24 horas foram responsáveis por 50% da quantidade de chuva registrada no mês na capital paulista. Entre os dias 5 e 6, o índice pluviométrico da cidade ficou em 51,7 mm, enquanto a marca do mês foi de 110 mm.

Marina Morena Costa, iG São Paulo |

Segundo o meteorologista do Inmet, Franco Villela, a previsão é de um janeiro com chuvas acima da média. Há muita umidade disponível, tanto na atmosfera quanto no solo, pois os últimos seis meses foram os mais chuvosos já registrados em São Paulo, desde 1943, quando começou a série histórica do Inmet, explica Villela.

Os temporais do último mês, que causaram diversos estragos na cidade, fizeram com que dezembro fosse o terceiro mês mais chuvoso da série histórica do instituto. O índice pluviométrico ficou em 363,7 mm, sendo que o recorde é de dezembro de 1986, quando choveu 383,2 mm.

Dezembro não foi um mês chuvoso, com muitos dias de chuva e, sim, alguns dias de temporal. Apenas seis dias foram responsáveis por dois terços da quantidade de chuva medida no mês, destaca Villela.

De acordo com o meteorologista, dois fenômenos colaboram para a maior quantidade de chuvas na região: o El Niño e as temperaturas acima da média na costa do Sudeste. Com o calor do verão e a umidade acumulada no inverno e na primavera, que foram chuvosos acima da média, o excedente hídrico potencial para a formação das chuvas fica totalmente disponível, avalia Villela.

AE
Alagamento na Avenida Rebouças

Chuvas fortes alagam a Avenida Rebouças na terça-feira

Leia mais sobre: chuvas em São Paulo

    Leia tudo sobre: chuvachuvasenchenteprevisão do temposão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG