campanha midiática - Brasil - iG" /

Em nota, Sarney se diz vítima de campanha midiática

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou em nota que a matéria de hoje do jornal O Estado de S.Paulo é uma campanha da mídia contra ele.

Agência Estado |

"Uma campanha midiática para atingir-me, na qual não excluo a minha posição política, nunca ocultada, de apoio ao presidente Lula e seu governo", diz a nota. Sarney atribui como um dos motivos dessa suposta campanha o fato dele apoiar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O presidente do Senado não explica, no entanto, as ações de seu neto José Adriano Cordeiro Sarney na intermediação em concessão de empréstimos a funcionários do Senado. Ele diz apenas que considera que os esclarecimentos prestados em nota divulgada esta tarde por José Adriano, "pessoa extremamente qualificada, com mestrado na Sorbonne, e pós graduação em Harvard", são suficientes. Em sua nota, o neto de Sarney nega que tenha recebido favorecimentos para atuar como operador de crédito consignado para funcionários da Casa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG