O presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou profunda preocupação com impacto do terremoto que abalou o Chile na madrugada deste sábado e expressou sua disposição de prestar toda ajuda necessária ao país e ao povo chileno.

Ao tomar conhecimento da decretação do estado de catástrofe pela presidente chilena, Michelle Bachelet, Lula determinou que o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República e o Ministério das Relações Exteriores avaliem quais as medidas de assistência que o Brasil pode adotar

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que a Embaixada e o Consulado Geral do Brasil em Santiago estão trabalhando para dar apoio aos brasileiros que estão no país. De acordo com a assessoria de imprensa, não há informações de que haja brasileiros entre as 78 vítimas do terremoto já confirmadas.

Leia mais sobre: terremoto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.