Em nota, EUA promete transferir tecnologia ao Brasil

Diante da decisão de o governo brasileiro considerar a França parceiro estratégico preferencial no processo de compra dos caças que equiparão a Força Aérea, privilegiando o Rafale, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil distribuiu hoje nota em que diz que o governo norte-americano vai transferir a tecnologia do caça F/A-18 Super Hornet, um dos candidatos, ao Brasil, decisão aprovada pelo Congresso daquele país, além de aprovar a montagem dos aviões em território brasileiro. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, avaliando o grau de competição entre as empresas, aproveitou hoje a polêmica para ironizar: Daqui a pouco, eu vou receber esses aviões de graça, respondeu, ao ser questionado se as ofertas dos Estados Unidos não poderiam significar uma reviravolta no caso.

Agência Estado |

Além da transferência de tecnologia, chegavam notícias no Ministério da Defesa de que os EUA estavam querendo até mesmo comprar 100 Super Tucanos para sua Força Aérea, e que as negociações já estavam em fase avançada com a Embraer, o que poderia servir para neutralizar a decisão da França de comprar dez aviões de transporte militar, o KC-390, em fase de desenvolvimento.

O governo brasileiro insiste na efetiva transferência de tecnologia para fechar negócio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG