Em Londrina, André Vargas quer instituir gerenciamento descentralizado na saúde

Londrina - O candidato petista à prefeitura de Londrina é o deputado federal André Luiz Vargas Ilario. Ele concorre pela coligação Pra frente Londrina (PT-PCdoB-PHS-PRTB-PTN-PTC-PR).

Agência Brasil |

Quinto colocado nas mais recentes pesquisas, o candidato não havia sido entrevistado anteriormente, segundo o critério utilizado pela Agência Brasil de somente ouvir os quatro primeiros colocados. Sentindo-se injustiçado por esse critério, o deputado, que tem o nome parlamentar de André Vargas (PT-PR), solicitou o direito de também ser entrevistado.

Segundo o candidato, a saúde básica no município avançou muito nos últimos anos. São investidos R$ 16 milhões por mês, que significam 23% do orçamento. A Constituição determina 15%. Foram construídas cinco novas unidades de saúde, 12 postos foram reconstruídos e outros 14 foram reformados.

Agora, o que a cidade quer e precisa, de acordo com Vargas, é de uma nova forma de gerenciamento, descentralizada, que dê agilidade e humanize o atendimento. Sua proposta para a área é o programa Saúde com Qualidade Total.
Para isso, ele disse que implementará o programa Territórios Integrados de Atenção à Saúde (Teias) em todas as regiões. Cada um desses territórios funcionará com ouvidoria, policlínica, unidades básicas de saúde integradas ao programa Saúde da Família, uma unidade de saúde 16 ou 24 horas, um Centro de Apoio Psicossocial (CAPS), uma equipe de internação domiciliar, uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e uma equipe de Vigilância em Saúde.

Londrina, administrada por seu partido, também tem, segundo o candidato, índices bons no ensino básico, em especial nas séries de 1ª a 4ª, de responsabilidade do município. A evasão escolar caiu para 0,56%, 98% dos professores têm curso superior, a rede possui 77 bibliotecas e os alunos lêem 21 livros por ano, em média, um índice próximo dos alunos de países europeus, informou.

Agora, o município se prepara para assumir o ensino de 1ª a 5ª séries, ou seja, de seis a nove anos. Minhas principais propostas para a área são ampliar o alcance do ensino integral [escolas em tempo integral e contraturno], implementar uma escola do programa Brasil Profissionalizado, ensino técnico no segundo grau e  zerar o déficit de vagas em creches em quatro anos", disse.

Na área de transportes, Vargas afirmou que vai, de forma planejada, implementar as linhas perimetrais que ligam o transporte coletivo de região a região. Já existem duas, vamos criar mais seis. Acrescentou que com o sistema de bilhetagem eletrônica, as linhas perimetrais, segundo os técnicos da área, vão agilizar o deslocamento de passageiros, desafogar o trânsito na área central e tornar o transporte coletivo mais atraente.

Segundo o candidato, Londrina terá, em breve, 97% da área urbana atendida por rede de água e esgoto, índice de primeiro mundo. Sua meta é atingir os 100%.

Em seu programa de governo consta uma administração de Cidade Amiga da Juventude. Também constam projetos nas áreas de formação profissional, primeiro emprego, saúde (prevenção de doenças e de drogas) e lazer. Já ganhamos, por duas vezes, o prêmio Cidade Amiga da Criança. O jovem será a próxima prioridade dos nossos programas sociais, argumentou.

Andre Luiz Vargas Ilario, 44 anos, é paranaense de Assai. Chegou a Londrina com a família em 1971. Seu primeiro grande trabalho foi  como voluntário no Albergue Noturno da Rua Araguaia. Na instituição se distinguiu, chegando à presidência. Na sua opinião, a dedicação lhe permitiu, antes de completar 30 anos de idade, dirigir  a Associação das Entidades Sociais Beneficentes do Paraná, época em que se filiou ao Partido dos Trabalhadores, onde exerceu a presidência municipal no período 1999/2000 e a estadual em 2001/2006.

O candidato lembrou que venceu três eleições seguidas. Foi vereador de 2001 a 2002, deputado estadual entre 2003 e 2006 e atualmente é deputado federal. Disse que tem atuação na Frente Parlamentar da Juventude e na Frente Parlamentar em Defesa da Vida na Câmara dos Deputados. Agora, "o que quero é mesmo ser prefeito de Londrina, porque a cidade precisa ter um trabalhador na prefeitura.

Leia mais sobre: eleições

    Leia tudo sobre: eleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG