Em Kiev, Lula se recusa a responder sobre Arruda

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se recusou a responder, nesta manhã, em Kiev, na Ucrânia, sobre as denúncias de suposto esquema de corrupção no governo do Distrito Federal. A pergunta era se diante de sua popularidade, o presidente não estaria banalizando o escândalo no DF, ao declarar, ontem, que as imagens, autorizadas pela Justiça, não comprovam a culpa do governador José Roberto Arruda.

Agência Estado |

"Para mim é desagradável, acabando de assinar seis acordos, e na nossa vez (de perguntar), a gente perguntar uma coisinha que o presidente da Ucrânia nem sabe o que é que é", declarou Lula, acrescentando que responderia em um outro momento, quando acabasse a sua visita à Ucrânia.

Lula e o presidente ucraniano, Viktor Yushchenko, deram entrevista coletiva após assinatura de atos. Lula almoça na residência do presidente ucraniano.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG