Em julho, lentidão média caiu 17,7% em São Paulo

A Secretaria Municipal dos Transportes (SMT) divulgou ontem o primeiro balanço mensal de lentidão no trânsito na capital paulista após o início das restrições para caminhões. A média de lentidão durante todo o dia no mês de julho deste ano foi de 51 quilômetros, ante 62 do mesmo mês em 2007, uma redução de 17,7% - a média de julho do ano passado, no entanto, não levou em conta as duas primeiras semanas do mês, quando o rodízio de carros foi suspenso.

Agência Estado |

A SMT também divulgou os dados comparativos das duas primeiras semanas de agosto, após a volta às aulas. A redução observada por meio dos índices foi de 15,7%.

Em 30 de junho entraram em vigor as primeiras medidas restritivas para os veículos de carga na cidade de São Paulo. A primeira delas foi a ampliação de 25 para 100 quilômetros quadrados da Zona de Máxima Restrição de Circulação (ZMRC), onde os caminhões estão proibidos de circular das 5 às 21 horas. Quase um mês depois, teve início o rodízio de caminhões nas vias que contornam o centro expandido, incluindo as Marginais do Tietê e do Pinheiros. Em 1º de agosto, os Veículos Urbanos de Carga (VUCs) também começaram a obedecer um rodízio de placas pares e ímpares para rodarem na ZMRC.

Os índices de lentidão de julho deste ano foram melhores do que os do ano passado em praticamente todos os horários medidos. A única exceção foi às 7 horas, quando houve um aumento de 16%. A SMT atribui essa diferença a uma mudança na metodologia, que tornou mais abrangentes os índices das primeiras horas da manhã.

A redução foi menos expressiva nos horários de pico da noite. A média de julho de 2007 no período das 17 às 20 horas foi de 103 quilômetros ante 97,25 quilômetros deste ano, uma queda de 5,6%. No pico, às 19 horas, a média deste ano foi de 126 quilômetros, ante 138 quilômetros do período anterior, uma variação de 6%.

No restante do dia, a melhora foi mais acentuada, ultrapassando a casa dos 40% em alguns horários. No pico da manhã, às 9 horas, a média de julho de 2007 foi de 64 quilômetros ante 41 quilômetros deste ano, uma queda de 35%. A diferença também se manteve no horário entre picos, quando não há restrição de rodízios. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG