Em greve, policiais civis fazem assembléia na 3a-feira

Os policiais civis em greve devem se reunir em assembléia na manhã de terça-feira (4), na Sede do Sindicato dos Investigadores do Estado de São Paulo, para definir os próximos passos na negociação da categoria com o governo. O presidente do sindicato, João Batista Rebouças, confirmou que, daqui para frente, a categoria deve seguir os passos do governador José Serra (PSDB) em seus compromissos públicos para pressioná-lo.

Agência Estado |

Isso, no entanto, não deve acontecer neste domingo, caso o governador José Serra visite o Grande Prêmio de Fórmula 1, no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo. No autódromo circulou a informação que a entrega do prêmio seria feita por Serra, mas a assessoria do governador não confirma nem desmente sua presença em Interlagos.

O reajuste proposto pelo governador para os policiais civis é de 6,5% neste ano e mais 6,5% em 2009. Os representantes da Polícia Civil querem um reajuste de 15% agora, 12% no ano que vem e mais 12% em 2010. "Os policiais são acusados de intransigência, mas quem não está facilitando o diálogo é o governo", disse o presidente do sindicato dos investigadores. Rebouças mencionou que na última sexta-feira houve uma audiência pública na Assembléia Legislativa, mas o governo não enviou nenhum secretário para negociar com os grevistas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG