Em entrevista à TV, Lina Vieira reafirma encontro com Dilma; ministra volta a negar

A ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira reafirmou nesta terça-feira ao Jornal Nacional que teve um encontro com a ministra Dilma Rousseff, no qual a chefe da Casa Civil teria feito um pedido para agilizar a investigação sobre o filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Lina afirmou, ainda, que há testemunhas do fato.

Redação |

Marcello Casal JR/ABr

A ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira

O encontro efetivamente aconteceu. Tem o pessoal da Receita, o motorista que me levou, do prédio do Palácio do Planalto, tem a minha chefe de gabinete, a própria chefe de gabinete da ministra esteve na minha sala para agendar essa reunião com a ministra. Então, os fatos existem.

Dilma rebateu e afirmou que não havia provas da reunião. A gente não afirma, a gente prova, disse.

Esse encontro, segundo reportagem deste domingo (08/08) do jornal "Folha de S. Paulo", foi apenas entre as duas, no gabinete da ministra, no final de 2008. Lina afirmou que o encontro ocorreu após determinação judicial para reforçar a fiscalização das empresas de Sarney.

Nesta segunda-feira, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, negou o encontro . No mesmo dia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu Dilma e afirmou que o encontro entre as duas era uma fantasia .

Lina disse estar triste com os desmentidos. Se a ministra tivesse dito a verdade, que houve esse encontro... eu não acho nada demais desse encontro.

Leia também:

Leia mais sobre: Dilma Rousseff

    Leia tudo sobre: ato secretodilmadilma roussefflina maria vieiraptsarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG