Em dois dias, três policiais são atacados na Grande SP

Pelo segundo dia consecutivo, a polícia foi alvo da ação de criminosos na Grande São Paulo. Por volta de 3h30 de ontem, uma guarita da Guarda Civil Metropolitana (GCM) na Alameda América, em Santana de Parnaíba, foi atacada por dois homens.

Agência Estado |

Houve tiroteio com a guarda de plantão, que estava sozinha. A GCM não se feriu. A dupla fugiu. O ataque foi a terceira ocorrência envolvendo policiais neste final de semana. Na madrugada de sábado, dois policiais militares à paisana foram assassinados: um em Ferraz de Vasconcelos e outro em Embu.

O caso foi registrado na Delegacia Central de Santana de Parnaíba como disparo de arma e dano qualificado. Segundo o inspetor Vasconcelos, foram pelo menos nove disparos - cinco feitos por criminosos e quatro pela guarda. No boletim de ocorrência, a oficial Dinalva, cujo sobrenome não foi revelado, conta que avistou dois homens saindo de um matagal. Com a visão comprometida pelo insulfilm do posto, abriu a porta para enxergar melhor. A dupla, então, começou a atirar. Ela fechou a porta e disparou contra os agressores, que fugiram. "Suspeitamos que queriam roubar armas e coletes", disse o inspetor. A possibilidade de uma onda de ataques à polícia foi descartada pelo inspetor e pela Secretaria de Segurança Pública. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG