O Congresso volta do feriado para enfrentar mais uma semana de crise. Na Câmara, a comissão presidida pelo primeiro secretário, Rafael Guerra (PSDB-MG) avança na busca de propostas para moralizar os gastos dos deputados e a corregedoria investiga o comércio ilegal de passagens aéreas.

No Senado, as declarações feitas à revista Época pelo ex-diretor de Recursos Humanos João Carlos Zoghbi e pela mulher dele, Denise, contra o ex-diretor geral, Agaciel Maia, obrigam a Mesa Diretora a dar explicações sobre milionárias licitações.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.