Em carta, Lula pede ajuda dos parlamentares para enfrentar a crise

BRASÍLIA - Em carta entregue ao Congresso Nacional pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu a ajuda dos deputados e senadores no combate aos efeitos da crise econômica mundial.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |


"Essa situação do nosso País que anima a todos é resultado de esforço coletivo, não somente do governo federal, mas do Legislativo, do Judiciário, dos governos estaduais, municipais e de toda sociedade que
se mostra cada vez mais consciente e atuante", disse Lula na mensagem, lida pelo deputado Rafael Guerra (PSDB-MG), na sessão de abertura dos trabalhos legislativos.

"Quando a crise chegou aqui, encontrou um país muito mais justo e com mercado interno sólido. O crédito e o investimento produtivo deram suporte ao crescimento. A crise encontrou a economia pronta para enfrentá-la", afirmou o presidente na carta.

Lula disse ainda que programas adotados pelo governo, como o Bolsa Família e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foram importantes para fortalecer a economia brasileira e gabaritá-la para enfrentar a crise.

"É importante deixar claro que se não tivéssemos criado o PAC em 2007 teríamos que criá-lo agora, em um conjuntura muito mais complicada. Nos 12 meses encerrados em outubro de 2008 os empenhos em obras do PAC foram 34,3% maiores que no mesmo período do ano anterior", afirmou o presidente no texto.

Leia mais sobre: eleições no Congresso

    Leia tudo sobre: congresso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG