O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares publicou hoje, em sua coluna no jornal ¿Diário da Manhã¿, de Goiás, texto defendendo a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República.

Com o título 2010, o grande ano da mulher brasileira, Delúbio lista qualidades das mulheres que seriam superiores às dos homens,  classificando-as de fortes, determinadas e invencíveis.

O professor e colunista busca em seu texto homenagear a mulher brasileira, no ano em que outra mulher, a mineira Dilma, tem a oportunidade de disputar, com grande chance de vitória, a presidência da República.

Delúbio faz uma analogia entre uma vitória de Dilma no Brasil com a de Barack Obama nos EUA, ressaltando que os negros não podiam entrar em restaurantes em alguns Estados americanos nos anos 60 e hoje têm um representante no comando da Nação. Ressalta que, no Brasil, a eleição do ex-metalúrgico Luiz Inácio Lula da Silva já representa um marco histórico.

Mas, diz ele, diante de um cenário de pujança econômica e bons indicadores sociais, em 2010 as mulheres brasileiras terão chance de fazer história.

Delúbio foi afastado do Partido dos Trabalhadores após o escândalo do mensalão, suposto pagamento de mensalidade a deputados da base aliada em troca de votações favoráveis ao governo.

Delúbio e o PT negam essa versão e dizem que o termo referia-se a um esquema de pagamento de despesas de campanha por meio de dinheiro não-contabilizado. Ele é um dos réus do processo aberto no STF (Supremo Tribunal Federal), respondendo pelos supostos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa. Ele nega as acusações.

Delúbio tentou se filiar novamente ao PT, mas desistiu da idéia. Sem filiação a nenhum partido político, não poderá disputar as eleições deste ano, como era sua proposta original. Ele pretendia ser candidato a deputado federal por Goiás. Em seu blog na internet, reiteradas vezes diz que vai seguir trabalhando pelo projeto petista.

Leia mais sobre Delúbio Soares .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.