Em 99, sede da Renascer foi lacrada por causa do teto

SÃO PAULO - O teto do templo da Igreja Renascer em Cristo da Avenida Lins de Vasconcellos, no Cambuci, zona sul de São Paulo, já apresentava problemas há dez anos. Em junho de 1999, a igreja foi lacrada pelo Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru) porque os religiosos haviam desobedecido à instrução do órgão de desocupar o imóvel.

Redação com Agência Estado |

AE
Teto do prédio da igreja Renascer desaba em São Paulo

Teto do prédio da igreja Renascer desaba em São Paulo

O prédio foi interditado por apresentar problemas justamente nas vigas do telhado, conforme revelou um laudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), emitido em fevereiro de 1999. O laudo descrevia que uma das tesouras (estrutura de madeira que dá sustentação ao teto) está corrompida por cupim.

Na ocasião, o fundador da Igreja Renascer em Cristo, Estevam Hernandes, disse que a igreja já havia colocado andaimes para escorar a estrutura do templo, como recomendava o laudo do IPT, e que as providências tomadas já eliminam os riscos apontados pelo instituto, disse Hernandes à época. Ontem, o teto da igreja desabou matando  nove e ferindo mais de cem pessoas.

Leia também:

Leia mais sobre Igreja Renascer

    Leia tudo sobre: renascer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG