SÃO PAULO - A Polícia Militar informou que, nos quatro primeiro dias do rodízio, entre segunda-feira e quinta-feira, 4406 motoristas de caminhões foram autuados por circularem nas áreas proibidas durante horário do rodízio. Durante o período, os congestionamentos caíram 30% nos horários de pico e 40% fora deste horário, segundo a CET.

A nova legislação proíbe que caminhões grandes circulem por uma área de 100 quilômetros quadrados das 5 às 21 horas. Os caminhões menores, chamados Veículos Urbanos de Carga (VUCs), devem respeitar um rodízio de placas pares e ímpares nesse horário.

O início da medida coincide com a primeira semana das férias escolares, quando cerca de 700 mil automóveis deixam de circular. Mas coincide também com a manifestação feita pelos caminhoneiros nas Marginais, na segunda-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.