Em 36h, 3 condomínios são assaltados na Grande São Paulo

Em um intervalo de 36 horas, três condomínios residenciais foram invadidos por ladrões na Grande São Paulo. Num deles, no Parque Imperial, em Mairiporã, mora o comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Álvaro Camilo, cuja casa, no entanto, não foi alvo dos ladrões.

Agência Estado |

No outro roubo, no Jardim dos Pereiras, em Cotia, o cantor Odair José foi levado como refém. O terceiro assalto aconteceu em Pinheiros, zona oeste. PMs prenderam dois homens. Este ano, a polícia registrou 33 arrastões na capital e 46 no Estado.

Armados de pistolas e revólveres, quatro ladrões pularam o muro do condomínio Parque Imperial, na Estrada da Roseira, às 3 horas, e invadiram a casa de um construtor. O posto da PM que funciona 24 horas, situado a 800 metros do local, não intimidou os assaltantes. As vítimas ficaram duas horas em poder dos criminosos.

Segundo o delegado de Mairiporã, Antonio José Pereira, os criminosos renderam primeiro o caseiro. "Depois eles acordaram os pais do construtor, o filho, a nora e os netos. Agiram com agressividade. Exigiram dinheiro e fizeram ameaças", contou o policial. Os ladrões recolheram aparelhos de TV, produtos eletroeletrônicos, dinheiro e outros objetos. As vítimas foram trancadas num quarto e o grupo fugiu com o automóvel do construtor.

O coronel Álvaro Camilo confirmou à reportagem que mora no local. Ele explicou que a casa invadida pertence ao condomínio, mas tem acesso independente pela Estrada da Roseira. Um segurança também afirmou que o acesso à residência assaltada não é feito pela portaria principal, mas se recusou a dizer se o condomínio tem equipamentos de segurança e se no muro por onde os ladrões pularam havia cerca elétrica.

Refém

Em Cotia, o cantor Odair José, a mulher e os filhos de 17 e 24 anos também viveram 1 hora e 20 minutos de pânico em poder de dois ladrões armados. O cantor foi rendido às 6h40 de anteontem após abrir a porta para pegar o carro na garagem e levar o filho à escola.

Após ameaçar matar a mulher e os filhos do cantor, os assaltantes recolheram joias e eletroeletrônicos e colocaram os objetos no carro da família. Na saída, os criminosos queriam levar a mulher de Odair José como refém. Ele não permitiu e foi com os ladrões, dirigindo o próprio carro. Minutos depois, um dos assaltantes assumiu a direção. A dupla o libertou na Rodovia Raposo Tavares.

Sem guarita

Em Pinheiros, na zona oeste da capital, dois assaltantes invadiram um prédio às 13 horas de ontem. Segundo um policial das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (Rocam), o edifício não tem guarita e os criminosos usaram uma chave mixa para abrir a porta. Um morador percebeu e ligou para o 190. Os ladrões entraram em dois apartamentos vazios e recolheram joias, dinheiro e eletroeletrônicos enquanto policiais cercavam a área. A dupla se escondeu na lixeira do prédio, mas foi encontrada.

Leia mais sobre assaltos

    Leia tudo sobre: assaltos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG